Soa bem, não soa? No entanto esta palavra tem outro significado para pais divorciados. Significa 15 dias sem ver os filhos. Se uma semana longe do pirata é difícil quanto mais 15!

Com o tempo aprendemos algumas coisas: estar sozinhas, a encontrar o nosso foco, a voltar a ter tempo para nós … mas nunca a superar as saudades dos nossos filhos.

Entre as fotos e vídeos vou matando saudades dele enquanto está com o pai, mas eu sei que todos os dias há uma gargalhada, um sorriso, uma superação que eu não presenciei. Um abraço, uma palavra, um “goooooooloooooo do Jonas”, um mergulho espetacular … São escolhas que fazemos por nós e acima de tudo por eles mas quem disser que é fácil, que é seguir em frente, mente com todos os dentes.

Sempre ouvi dizer que pais felizes, crianças felizes. Quando o pirata me pergunta “Mãe, porque é que não estamos juntos?” eu respondo “Filho, tu gostas de ver a mãe e o pai sempre felizes, certo? Nós andávamos tristes! Assim andamos mais sorridentes!” É duro ouvir isto, mas acredito que com o tempo a pergunta seja menos frequente. Espero que sim.

Tenho saudades do cheirinho dele, de olhar nos olhos, de ver um filme com ele , de fazer um puzzle de 400 peças, de jogar playstation …

Por esta altura a rotina é outra: praia, piscina, os mimos dos avós, o passeio ao centro de Lagos, as 5 voltas no carrossel, os petiscos (ele adora caracóis e amêijoas), os gelados … deitar mais tarde …

Estou ansiosa por viver tudo isto com ele. Está quase.

“Super pirata a mãe está quase a chegar! Tens saudades?”

“Não”

“Gostas da mãe?”

(silêncio) “Ó mãe agora não posso falar!”

Quase. 😉

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

comments