… não gostam mesmo de obedecer! Não sei se é um problema só nosso mas sei que tudo o que envolva regras fica mais complicado.

Vamos por partes.

  1. Na praia.

Por estes dias tem estado levante na Praia da Luz (para quem não sabe o que é o “levante” …  basicamente ondas) e claro os nadadores salvadores atentos têm colocado a bandeira amarela. Ora se bem me lembro, com a bandeira amarela podemos tomar banho mas não podemos nadar. O que é que acontece na realidade? Gente que acha que por ter andado na natação ou por ter força pode superar o mar. Sempre ouvi dizer que “o mar não tem cabelos” por isso numa situação de levante pouco serve saber nadar!

Hoje os nadadores apitaram várias vezes e as pessoas que estavam longe pura e simplesmente ignoraram! Gesticularam, pediram para as pessoas não se afastarem e nada. Juro que não percebo. Depois as coisas acontecem. No ano passado um nadador salvador ia morrendo ao salvar uma mãe e um filho que não obedeceram! Eu acho que estas pessoas deviam ser multadas. Põe vidas em risco: as deles e as dos outros. Não se faz.

2) Parques de estacionamento

. supermercado.

Pessoas que estacionam os carros nos lugares de deficientes. Acontece aqui e em todo o lado. Os seguranças colocam um papel no vidro a dizer que é um lugar reservado mas sinceramente, ter ou não ter, para quem estacionou o carro naquele lugar é a mesma coisa. Tira o papel e segue com a vida.

Como sempre acontece, tanto de férias como em Lisboa, vou quase todos os dias ao supermercado. Hoje não falhou. Lá estava um carro estacionado no lugar para mobilidade reduzida. As pessoas não pensam nos outros … não querem saber dos outros para nada! Triste.

. público (em Lagos).

Mais uma vez um parque com lugares reservados mas aqui tem a ver com os lugares para grávidas ou com crianças pequenas. Eu sei que para nós os nossos filhos não crescem mas estacionar o carro e depois sair de lá uma “criança” com 14 ou 15 … é um bocadinho demais! Isto acontece todas as noites. Todas as noites vejo gente que não precisa de ocupar aqueles lugares, mas como ficam ao lado do elevador é mais prático do que andar às voltas ou ir para o piso -2.

No ano passado a minha irmã presenciou algo semelhante e foi falar com os senhores que estavam na parte dos pagamentos e praticamente foi insultada! Aliás esses senhores permitem/aceitam outra situação que para mim é outra falta de respeito gigante: quem prefere tirar primeiro o carro e depois estacionar bem no meio para ir pagar, não deixando os outros ,que fazem a coisa correta (pagar primeiro e só depois tirar o carro), avancem.

Sou só eu ou isto é uma enorme falta de respeito? Fico passada. Fico mesmo. Os que fazem o correto têm de ficar à espera? Eu sei que hoje em dia são os espertos que se safam mas nego-me a passar esses “valores” ao meu filho. Eu não sou nada assim!

Eu sei que andamos cansados e que estamos de férias mas há coisas que não vão de férias: educação e respeito.

Inspira. Expiraaaaaaa.

Inspira. Expiraaaaaa.

 

 

 

Comments

comments