Conhecem esta história?

“Estava um pescador pacatamente sentado à beira de um rio, perto da foz, pescando caranguejos, que ia atirando para um balde com água, mas sem tampa, que tinha atrás de si.
Passou um homem que, estranhando a cena, lhe perguntou:
– O amigo não tem medo que os caranguejos fujam, uma vez que o balde não tem tampa?
– Claro que não! – respondeu ele – Não vê que são caranguejos portugueses. Quando um começa a subir, os outros tratam logo de o puxar para baixo.”

Nos últimos tempos tenho conhecido muita gente que a uma dada altura da vida decidiu romper com tudo o que tinha em busca dos seus sonhos. Nunca é tarde.

Como ouvi alguém dizer “difícil é diferente de impossível”. Dar o passo é o mais complicado. Uma vez dado, é trabalhar. Uns dias ganhamos outros não. Ficamos em baixo? Não podemos. temos de seguir em frente.

Muita gente vai dizer “não vais conseguir”, “isso é de loucos” mas se nós acreditamos é ir e não olhar para os lados.

Quando conheci o Miguel (ainda longe de imaginar que ia ser o meu marido) ele disse-me uma coisa que nunca mais esqueci: “se acreditas em ti, tudo é possível”. Ninguém faz milagres. Tudo depende de nós.

I am the master of my fate, 
I am the captain of my soul. 
Para a frente é que é o caminho! 🙂
Boa semana.

Comments

comments