… e menos é mais.

Megan Markle estava linda! Os dois vestidos que usou eram perfeitos.

Vamos ao primeiro …

Vestido simples, um véu gigante e uma tiara de diamantes. Sinceramente, para mim, não precisava de mais nada. O que tornou tudo especial e elegante estava nela: o olhar cheio de vida, o sorriso sentido, o ar com que olhava para o Harry… isso sim fez toda a diferença!

A duquesa impressionou mal chegou à Capela de St. George com um vestido Givenchy.

Eu sou adepta do “menos é mais” e achei que acertou em cheio. Avaliado em mais de 280 mil euros o vestido de noiva da casa de alta-costura francesa tinha mangas compridas e costas fechadas. O véu de cinco metros era em tule de seda, com as orlas bordadas com flores, em representação dos 53 países da Commonwealth. A tiara de diamantes era da Rainha Maria, emprestada pela Rainha Isabel II. 😉

 

 

 

 

 

 

Markle entrou sozinha na capela, juntando-se depois ao futuro sogro, o príncipe de Gales, apenas a meio do caminho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em relação ao segundo vestido …

 

um modelo em branco, de gola alta, desta vez da responsabilidade da estilista britânica Stella McCartney.

Quanto aos sapatos eram Aquazurra feitos de cetim de seda, nude, com solas pintadas de azul-bebé.

Mais uma vez acertou em cheio!

 

 

Para terminar este post tinha de falar do sermão apaixonado do pastor Michael Curry. Foi um dos momentos altos da cerimónia. Durante cerca de 13 minutos citou Martin Luther King e falou da importância do amor.

O Amor é tudo.

“Temos que descobrir o poder do amor, o poder redentor do amor. E, quando fizermos isto, seremos capazes de criar um novo mundo deste velho mundo. O amor é o único caminho”

“Existe poder no amor. Não o subestimem. Nem sequer se sintam excessivamente sentimentais. Existe poder, poder no amor”.

“Falo sobre algo que tem poder. Poder real. Poder para mudar o mundo”

 

 

Comments

comments