Não gosto. Se calhar “não gosto” é um termo muito forte mas a verdade é que não ligo muito. Felizmente nem eu nem o Miguel.

Para nós todos os dias são perfeitos para mimar, jantar fora, viajar, oferecer flores, dar carinho … e não só porque há uma data que nos sugere isso mesmo.

Há várias formas de dizer “amo-te” ou “gosto muito de ti”:

  • preparar o jantar juntos;
  • dançar na sala;
  • ver uma série juntos;
  • deitar no colo dele(a) a ler um livro;
  • partilhar histórias;
  • rever fotografias e episódios do passado;
  • ouvir como foi o dia

Há tanta coisa possível! A importância está nos detalhes. Todas estas pequenas coisas são formas de amar e de dizer “estou aqui”. “Ah mas isso não é nada de espacial!” Pronto, eu sei que há pessoas que precisam de mais e atos maiores. Cada uma ama à sua maneira. 😉 Felizmente.

Cá em casa vamos preparar o jantar juntos e depois saborear. Vou abrir um belo tinto (há mais de 2 semanas que não bebo vinho e quem me tira um tinto tira tudo! Looool), e agradecer o fato de ter ao meu lado uma pessoa que me respeita, que me faz soltar a melhor gargalhada do mundo, que me deixa sem palavras com tantos detalhes e que acredita em mim. 🙂

 

 

 

 

Comments

comments